segunda-feira, 4 de junho de 2007

VIOLÊNCIA E PAIXÃO ("GRUPO DI FAMIGLIA IN UN INTERNO")

"O penúltimo filme de Visconti, o filme que "rodou" quando já estava gravemente enfermo e sentindo o seu fim próximo. Talvez uma obra premonitória e eivada de um clima de desintegração e do inevitável, o mesmo clima que ele tentou, não soube compreender (e portanto recriar) em "Gotterdammerung-La Cadutta degli Dei" ("Os Deuses Malditos"), mas realizou-se mais com "Morte em Veneza". De "Ludwig, a Tragédia de um Rei" não se pode falar autorizadamente porque a fita aqui nos chegou insultuosamente reduzida e mutilada. "Grupo di Famiglia in un Interno" - sugestivo título - coloca um "leit motiv" caro ao diretor (veja-se "Ossessione", "Senso", "Rocco", o roteiro de "La Giornata Balorda", o episódio com Romy Schneider em "Boccaccio 70", "O Leopardo", "Vaghe Stelle dell'Orsa", o episódio de "Le Streghe", "O Estrangeiro"), ou seja o problema da decadência, desvendado num "andante" dorido, passivo, numa auto-imposição de mutismo, de múltiplos conflitos interiorizados. E sobretudo, num alarde de forma, num quase ritual à beleza da reconstituição de época, das imagens, do estilo e do resultado global. Uma ópera, uma Catedral ideais, como Visconti certamente exultaria. E com o cineasta e a exemplo do felicíssimo momento com Pasolini em "Teorema", dando o melhor exemplo desse culto de Visconti à beleza expressiva, como em "Le Streghe" e "Morte em Veneza", mais uma vez tratadíssima por sua direção, Silvana Mangano reaparece mais uma vez transfigurada em grande dama, em figura cinemática inesperadamente bela e sugestiva. Um dos raros grandes lançamentos da temporada, uma película a ser vista, sem dúvida alguma."


Publicado originalmente no "O Estado de S. Paulo" de 10/10/76.

5 comentários:

Ronald Perrone disse...

Humm, Biáfora falando de Visconti... gostei!
Abraços!

sergio disse...

Ronald, como eu desisti daquela idéia inicial de só publicar textos sobre cinema brasileiro ou japonês aguarde pelo que vem por ai :)
Abraço!

Ronald Perrone disse...

Opa! Vou aguardar com certeza! =)

Márcio/BH disse...

GRUPO DE FAMIGLIA... um dos meus filmes preferidos. Coincidentemente eu o revi (pela enésima vez) no dia de tua postagem. Ótima surpresa ler aqui os comentários de Biáfora.

sergio disse...

Isso que eu chamo de coincidência, Márcio :)
Grupo de Famiglia... é mesmo maravilhoso.
Seja bem vindo ao blog, Márcio/bh, volte sempre.